CORONAVÍRUS (COVID-19)
Disk CIEVS

Prefeitura divulga ações em casos suspeitos do coronavírus

12/Fev/2020 - 17:44

Em Rondônia, os dois casos de pessoas de Porto Velho que tiveram contato com indivíduo de procedência chinesa, não foram considerados “caso suspeito”

A Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretaria Municipal de Saúde divulgou ações que serão tomadas em caso de suspeita de coronavírus na capital. A secretária Eliana Pasini explica como foi a visita a Brasília em convocação do Ministério da Saúde na semana passada.

“Nós estamos passando por uma fase difícil no Brasil e no mundo, em estado de emergência com o coronavírus. Nós temos que nos proteger porque o Brasil tem uma ligação com todos os outros países, pessoas vão e vem o tempo todo, nós temos que tomar providências. A reunião com o Ministério da Saúde foi discutir sobre os cuidados e preparo com as equipes. Aqui vamos trabalhar juntos, município, Estado e União. Estamos tomando providências de orientação profissional, de insumos que temos que ter, para estarmos preparados se caso a doença chegar aqui. É importante orientar a população de cuidados básicos como qualquer doença respiratória e orientar os profissionais também. As ações são contínuas, porque nós temos outras doenças que também são perigosas, todo trabalho é contínuo”.

No final do mês de dezembro de 2019, o escritório da OMS na China foi informado sobre casos de pneumonia de etiologia desconhecida, detectada na cidade de Wuhan, província de Hubei, na China, onde um total de 44 pacientes foram notificados à OMS pelas autoridades da China. Foi lá que identificaram um novo tipo de coronavírus, sendo isolado em 7 de janeiro de 2020. A OMS recebeu mais informações detalhadas, da Comissão Nacional de Saúde da China, de que o surto estava associado a exposições em um mercado de frutos do mar, na cidade de Wuhan.

Em 12 de janeiro de 2020, a China compartilhou o sequenciamento genético do novo coronavírus para os países utilizarem no desenvolvimento de kits de diagnóstico específicos. Em 30 de janeiro de 2020, a Organização Mundial da Saúde declarou que o surto de coronavírus é uma Emergência de Saúde Pública Mundial.

Atualmente no mundo tem um registro de 40.554 mil casos confirmados e 910 óbitos, sendo que a China continua como epicentro de disseminação do vírus.

No Brasil, foram notificados 102 casos, descartados 24, excluídos 70 e 9 suspeitos que estão sendo investigados, segundo as definições operacionais.

Em Rondônia, os dois casos de pessoas de Porto Velho que tiveram contato com indivíduo de procedência chinesa, não foram considerados “caso suspeito” pelo Ministério de Saúde, por não atender aos critérios para caso suspeito de coronavírus e inseridos no Sivep_Gripe, por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com exame positivo para Influenza B.

Atividades desenvolvidas pelo Departamento de Vigilância em Saúde/Semusa/Porto Velho.

A vigilância epidemiológica de Infecção Humana pelo Novo Coronavírus está sendo construída à medida que o Ministério da Saúde consolida as informações recebidas da OMS, dos países e novas evidências técnicas e científicas são publicadas.

A Vigilância em Saúde elaborou Nota Técnica ( NT) para os profissionais de saúde e realizou reuniões com todos os departamentos da Secretaria Municipal de Saúde, para alinhamento de ações frente aos possíveis casos suspeitos que possam aparecer e apresentação da NT.

Está em elaboração o plano de contingência municipal de enfrentamento ao novo coronavírus, o COVID-2019.

Informações serão divulgadas no Site da Prefeitura, vinculada ao link visa.portovelho.ro.gov.br/27455/coronavirus.

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

Realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;

Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;

Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;

Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

Manter os ambientes bem ventilados;

Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;

Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.

Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

logotipo da prefeitura de porto velho logotipo da prefeitura de porto velho