imagem do corona vírus
Se apresentar sintomas leves de gripe como: tosse, coriza, dor de cabeça, ligue: 0800 647 5225

SAÚDEPorto Velho discute prevenção e consequências do parto prematuro durante a campanha “Novembro Roxo”

17/Nov/2022 - 13:33

Tema e busca ativa serão promovidos nas unidades de saúde da capital

Campanha é atrelada ao Dia Mundial da PrematuridadeBuscando conscientizar mães e profissionais sobre o parto prematuro e suas consequências, a Prefeitura de Porto Velho promove, ao longo deste mês, a campanha “Novembro Roxo”. A abertura aconteceu na última quarta-feira (16) na sede da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

A campanha é atrelada ao Dia Mundial da Prematuridade, celebrado no dia 17 de novembro. Tendo a cor roxa como símbolo, a data busca alertar famílias e toda a sociedade sobre o crescente número de partos prematuros, prevenção e consequências para a mãe e o bebê.

“Aqui nós apresentamos o material que será utilizado pelas unidades de saúde na busca ativa das gestantes. A ideia é que elas tenham conhecimento dos cuidados a serem tomados em caso de um parto prematuro”, explica Luana Vanessa, enfermeira do Núcleo da Criança.

A escolha das unidades de saúde não é por acaso. É que mesmo antes e durante a gestação é possível prevenir um parto prematuro por meio do planejamento familiar adequado seguido do acompanhamento adequado do pré-natal e puericultura (crescimento e desenvolvimento infantil), fases que podem ser acompanhadas pela Atenção Básica.

O tema global deste ano é “Garanta contato pele a pele com os pais desde o momento do nascimento”.

Texto: SMC
Foto: Semusa

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)


logotipo da prefeitura de porto velho logotipo da prefeitura de porto velho