www.googletagmanager.com SEMUSA - Secretaria Municipal de Saúde Ir para conteúdo

SAÚDE
Para conscientizar servidores, Semusa intensifica ações de combate ao assédio moral e sexual

18/Set/2023 - 09:16

A disseminação de informações sobre o tema tem sido pauta frequente em ações promovidas pela secretaria aos mais de 4 mil servidores da pasta

Assédio moral é uma conduta abusiva causada por comportamentos repetitivosEm busca de promover um ambiente de trabalho íntegro, seguro e respeitoso, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) de Porto Velho tem investido na construção de políticas internas para o enfrentamento e a prevenção ao assédio moral e sexual. A disseminação de informações sobre o tema tem sido pauta frequente em ações promovidas pela secretaria aos mais de 4 mil servidores da pasta.

O assédio moral é uma conduta abusiva causada por comportamentos repetitivos, que envolvem situações humilhantes, constrangedoras e que causam danos físicos, psíquicos ou à integridade ao servidor, com objetivo de discriminar a sua função ou prejudicar o ambiente de trabalho. Entre as principais características do assédio moral está a frequência das ações e a intencionalidade do assediador.

Já o assédio sexual é caracterizado por uma importunação de cunho sexual, ou seja, o assediador tem atitudes, palavras, gestos ou comportamentos com o intuito de obter vantagem ou favorecimento sexual sobre a vítima. O assédio sexual não exige comportamentos repetitivos, e pode ser consumado mesmo que aconteça uma única vez e que a vítima não atenda aos favores sexuais solicitados pelo assediador.

Para enfrentar e prevenir o assédio, a Semusa tem realizado ações pontuais, que envolvem a presença de todos os departamentos da instituição, a fim de garantir que as informações sejam repassadas de forma integral aos servidores. Uma das iniciativas é liderada pela Divisão de Acompanhamento de Condições de Trabalho em Unidades de Saúde que promove palestras e rodas sobre segurança e bem-estar no ambiente de trabalho, abordando temas como o assédio.

Denúncia pode ser formalizada na Ouvidoria de forma anônimaParte das atividades também são desenvolvidas pela Divisão de Controle de Doenças e Agravos de Notificação (DCDAN), entre elas a realização da palestra sobre "Assédio Moral e Sexual e Conflitos Interpessoais no Ambiente de Trabalho".

“Identificamos que o assédio moral e sexual são fatores preocupantes nesse contexto, havendo carência de conhecimento sobre o assunto por parte dos servidores, e a realização da palestra teve como objetivo disseminar informações, promover a conscientização e fornecer ferramentas para a prevenção e enfrentamento dessas questões no ambiente de trabalho”, afirmou Raíssa Almeida, gerente da divisão.

Raíssa explica ainda que, durante o mês de setembro de 2023, a Semusa, por meio da DCDAN, fará ações alusivas ao "Setembro Amarelo", com foco na conscientização e prevenção do assédio moral e sexual no ambiente de trabalho, prática que pode levar ao adoecimento e mental e gerar consequências extremas, como o suicídio, por exemplo.

“Essas ações incluirão palestras e orientações para os servidores, visando promover um ambiente de trabalho saudável e respeitoso. Estamos comprometidos em contribuir para a melhoria das condições de trabalho e prevenir quaisquer formas de violência no ambiente laboral”, finalizou.

Como usar a Ouvidoria para denunciar casos de assédio:

Registros de Forma Anônima: A denúncia pode ser realizado de forma totalmente confidencial e segura clicando aqui.

Identificação Opcional: A opção de se identificar também está disponível. Os dados informados são protegidos e confidenciais. Clique aqui.

Texto: Semusa
Foto: Semusa

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Compartilhe nas redes:
Twitter Whatsapp

Utilizamos cookies em acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
2024 © Prefeitura de Porto Velho - RO - SMTI