www.googletagmanager.com SEMUSA - Secretaria Municipal de Saúde Ir para conteúdo

NOVEMBRO AZUL
Realização de exames de rotina na atenção primária previne doenças como o câncer de próstata

01/Nov/2023 - 09:46

Segundo o Ministério da Saúde, o câncer de próstata é o tipo mais comum entre os homens depois do câncer de pele

Exames do cotidiano masculino estão disponíveis nas Unidades de SaúdeEm novembro, mês dedicado à conscientização dos cuidados da saúde masculina, a Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), destaca a importância de procurar os serviços da Atenção Primária de Saúde (APS) de forma rotineira. Segundo o Ministério da Saúde (MS), o câncer de próstata é o tipo mais comum entre os homens depois do câncer de pele. No entanto, o diagnóstico precoce pode combatê-lo com mais eficiência.

Em Porto Velho, exames do cotidiano masculino estão disponíveis gratuitamente em todas as Unidades Básicas de Saúde, seja urbana ou rural, a exemplo dos seguintes:

Aferição de pressão arterial; taxas de colesterol e glicemia; hemograma completo; testes de urina; stualização da carteira vacinal; realizar a testagem para infecções sexualmente transmissíveis (IST), a exemplo de HIV, hepatite B (HBsAg), hepatite C (anti-HCV), e outros.

Para o médico urologista da rede Municipal de Saúde, Adriano Calçado, a busca desses atendimento é fundamental no combate às doenças.

“Os custos de uma hipertensão arterial não tratada, por exemplo, são inúmeros. O paciente acaba evoluindo para um AVC, para um infarto agudo miocárdio, então são problemas que são ocasionados para esses pacientes que não fazem cuidados com a atenção primária e, que lá na frente, vão agravar muito a saúde, além de gerar um custo para a saúde pública muito maior”, relata do médico.

Segundo o assessor técnico do Departamento de Atenção Básica da Semusa, Igor Amorim, dados do sistema do e-SUS mostram que, em 2022, o número de atendimentos às mulheres na rede básica de saúde de Porto Velho foi 52,6% a mais que o de homens. De acordo com o levantamento, ao todo, há 115.234 registros de serviços à pessoas do sexo masculino realizados no ano passado. Já para o sexo feminino, o dado saltou para 219.076.

Cleide Davy explica que uma das estratégias adotadas é o Pré-Natal do ParceiroA subgerente do Núcleo de Saúde do Homem da Semusa, Cleide Silva Davy, explica que os números baixos, em muitos dos casos, são devido à falta de interesse da pessoa do sexo masculino, em cuidar da saúde.

“Geralmente os homens acham que nunca vão adoecer, se preocupam com outras coisas e vão deixando a saúde para depois. Quando precisam realmente dos serviços médicos, eles já procuram a nossa rede de média e alta complexidade [UPAS e Policlínicas] e acabam lotando os serviços, situação essa que poderia ter sido resolvida lá nas nossas Unidades Básicas de Saúde”, destaca Cleide Silva Davy.

Uma das estratégias lançadas para aumentar os números de atendimentos masculinos na Atenção Primária de Saúde é o programa “Pré-Natal do Parceiro”, do Ministério da Saúde, ofertado pela Prefeitura de Porto Velho. A iniciativa visa ampliar a participação dos homens na APS.

“Nesse programa, não só a mulher, que está grávida, vai buscar o atendimento de saúde, mas também o/a parceiro (a). Essa proposta é muito eficiente, porque o homem passa a realizar exames de prevenção à saúde da mesma forma que a esposa, que vai fazer as consultas de pré-natal. Além disso, esse indivíduo consegue ter um vínculo maior com a gestação da mulher”, relata Cleide.

Ainda segundo a subgerente, esse serviço também é oferecido em todas as Unidades Básicas de Saúde de Porto Velho.

VULNERABILIDADE

Dados do Ministério da Saúde (MS) revelam que os homens vivem 7,1 anos a menos que as mulheres. Ainda segundo o MS, 34% dos homens, entre 20 e 59 anos, não estão cadastrados na rede de Atenção Primária à Saúde, o que deixa esse público mais vulnerável à doenças avançadas.

“A atenção primária é muito importante, pois é através dela que o paciente pode se prevenir das doenças mais prevalentes e também ele pode tratar as doenças mais comuns que acomete, de maneira correta”, destaca Adriano Calçado.

CÂNCER DE PRÓSTATA

Considerado o segundo tipo de câncer mais comum entre homens em todo o país, a estimativa do Instituto Nacional do Câncer (INCA) é que, entre 2023 e 2025, 216 mil novos casos de câncer de próstata surjam. Na Região Norte, a taxa de incidência dessa doença é de 28,40 a cada 100 mil habitantes.

AÇÕES NOVEMBRO AZUL

No próximo dia 07 de novembro, a Prefeitura de Porto Velho realiza a abertura da campanha Novembro Azul, na capital. O objetivo é conscientizar a população sobre os cuidados com a saúde masculina. A campanha se estenderá também para todas as unidades básicas de saúde, que, neste período, executarão ações voltadas para o tema.

No dia 14, a partir das 7h, o Departamento de Atenção Básica da Semusa realizará o seminário “Saúde do Homem”. A programação contará com palestras, rodas de conversas, dinâmicas, entre outros. O evento acontecerá durante todo o dia e será direcionado para profissionais de saúde.

Texto: João Muniz
Fotos: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Compartilhe nas redes:
Twitter Whatsapp

Utilizamos cookies em acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
2024 © Prefeitura de Porto Velho - RO - SMTI